Aliança pelo Brasil dá entrada em registro

Foi entregue em cartório pelo secretário-geral da Comissão Provisória do Aliança pelo Brasil, Admar Gonzaga, um requerimento de registro partidário para a nova sigla de Jair Bolsonaro. Após essa etapa e o pedido ser processado, o partido receberá uma senha do Tribunal Superior Eleitoral, que poderá ser utilizado em todos os cartórios do país para a coletas das cerca de 500 mil assinaturas, em nove estados diferentes, e assim consolidar a criação da legenda. 

O advogado Luís Felipe Belmonte, segundo vice-presidente do Aliança pelo Brasil declarou que “Aqui é apenas o ato de existência civil. Para ter efeito de partido, precisamos fazer ainda todos os procedimentos”. O presidente Jair Bolsonaro afirmou que irá recolher as quase 500 mil assinaturas em menos de um mês, caso a coleta eleitoral não seja burocrática. “Se for no braço, a gente não vai conseguir formar partido, disso tenho certeza. Não depende apenas de colher assinatura, depende da conferência depois”, declarou.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *