Declaração sobre aço brasileiro surpreendeu até os diplomatas

O anúncio do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que pretende impor tarifas à importação do aço brasileiro e argentino surpreendeu o governo brasileiro e parte dos diplomatas americanos, que a algum tempo estão participando de reuniões sobre a negociação comercial entre os dois países. Até então, todas as orientações davam a entender que o objetivo era manter boas relações com o governo brasileiro. 

Desde março deste ano, quando Jair Bolsonaro visitou Trump, as equipes econômicas dos dois países vem firmando alguns acordos. Porém, mesmo com a boa relação de ambos, o governo brasileiro teve parte das expectativas frustradas. Primeiro, já ficou claro que o apoio dos americanos para entrada do Brasil na OCDE  não será imediata, pois o EUA segue o próprio ritmo na hora de incluir novos membros à organização. Além disso, o governo Trump ainda está um pouco relutante para reabrir o mercado doméstico às importações de carne bovina fresca brasileira. Sobre os dois casos, o governo brasileiro declara que as medidas estão em andamento. 

A declaração no Twitter de Donald Trump, sobre as tarifas do aço pegou os diplomatas brasileiros de surpresa, já que desde de março do ano passado, o governo dos EUA havia estabelecido cotas de importações do aço brasileiro sem sobre tarifas. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *