Apenas 2% dos estudantes brasileiros atingem os melhores resultados

Foi divulgada nesta terça-feira (03), os resultados do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), que é referência mundial para medir o nível de aprendizado. O resultado do Brasil revelou que apenas 2 em cada 100 alunos atingiram os melhores desempenhos de pontuação em leitura, matemática e ciências. O levantamento que apontou uma leve melhora na pontuação do país, é realizado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). 

O Pisa foi aplicado a 600 mil estudantes, de 15 anos, em 79 países e regiões. No Brasil, cerca de 10 mil alunos realizaram o teste, dando ao país a média de 413 pontos em leitura, 384 pontos em matemática e 404 pontos em ciências. Em comparação à 2015, o Brasil obteve um pequeno aumento nas notas. COm isso, as pontuações obtidas colocaram o país no nível 2 em leitura, 1 em matemática e 1 em ciências, em uma escala que vai até 6. Pelas regras da OCDE, o nível 2 é considerado o mínimo adequado. 

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *