Bolsonaro poderá conversar com Trump sobre tarifa do aço

Nesta segunda-feira (02), o presidente Jair Bolsonaro declarou que “se for o caso”, ele poderá conversar com Donald Trump, presidente dos EUA, sobre o anúncio feito na rede social Twitter, em relação ao aumento das tarifas do aço e alumínio do Brasil e da Argentina, como objetivo de compensar a desvalorização das moedas desses países. 

De acordo com o presidente, primeiro ele irá conversar com o ministro da Economia Paulo Guedes, “se for o caso ligo para o Trump. Tenho um canal aberto com ele. Converso com Paulo Guedes e depois dou a resposta. Para não ter de recuar, tá ok?”. A proximidade com o presidente Trump é constantemente apontada pelo governo brasileiro como uma conquista da gestão de Bolsonaro. 

O presidente dos EUA, declarou em sua publicação no Twitter que os dois países da América do Sul, estão desvalorizando as próprias moedas, e devido a isso, irá retomar as tarifas sobre o aço e alumínio originários do Brasil e da Argentina. “A desvalorização não é boa para nossos fazendeiros”, afirmou Trump que ainda declarou que a constante desvalorização das moedas locais diante do dólar, está dificultando as exportações americanas. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *