STF libera compartilhamento de dados sigilosos

O Supremo Tribunal Federal (STF), aprovou por 9 votos a 2, o compartilhamento de dados fiscais sigilosos, como declarações de IR  e extratos bancários, com o Ministério Público. Com essa decisão, a liminar que havia paralisado o caso de Flávio Bolsonaro e outros procedimentos no país, deixou de valer. 

De acordo com site G1, pessoas próximas ao presidente Jair Bolsonaro, declararam que a decisão do STF, poderá causar desgaste político imediato com a reabertura do caso do senador Flávio Bolsonaro. Com a decisão do órgão ao menos 935 processos que estavam paralisados, serão reabertos.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *