Queda histórica na mortalidade infantil no Brasil

Acontece hoje (27), na Assembleia Legislativa de São Paulo, uma sessão para marcar os 30 anos da Convenção sobre os Direitos da Criança. O evento promovido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), tem como objetivo apresentar um relatório produzido pelo órgão e que confere ao Brasil  reconhecimento por ter melhorado, ao longos dos anos, os índices de mortalidade, trabalho infantil e exclusão escolar. 

Segundo a Unicef, de 1990 a 2017, o país registrou uma “redução histórica” no total de mortes de crianças menores de um ano de idade. A taxa nacional caiu de 47,1 para 13,4 a cada 1 mil nascidos vivos. Outro detalhe importante é que em 1996 e 2017, 827 mil vidas foram salvas. Porém, um problema grave voltou a surgir: a queda nos índices de cobertura vacinal. Com isso, doenças que até recentemente eram consideradas erradicadas voltaram a surgir.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *