Nova lei aumenta punição das torcidas organizadas

O Diário Oficial da União publicou nesta terça-feira (26) a lei 13.912/19, sancionada por Jair Bolsonaro aprovada sem vetos. A nova lei altera o Estatuto de Defesa do Torcedor, incluindo detalhes sobre atos agressivos e aumentado o tempo de condenação para criminosos.

Além disso, houve a inclusão da violência praticada por torcidas organizadas fora dos estádios, mesmo nos dias em que não haja partidas. Agora a promoção de tumultos, prática ou incitação de violência e invasão de locais restritos poderá deixar a torcida até cinco anos sem poder comparecer a eventos esportivos. 

Brigas com torcedores, invasões, de locais de treinamento e práticas de crimes contra atletas, árbitros, fiscais jornalistas e organizadores de eventos esportivos serão punidos.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *