Governo amplia agenda social

O cenário econômico não é dos melhores, porém sob pressão e com restrição fiscal, o presidente Jair Bolsonaro tenta dá um gás em sua política de combate à pobreza, uma das questões principais de sua gestão e que vem recebendo duras críticas. Assim, o Palácio do Planalto mobilizou nesta manhã (25.11), o ministro da Economia Paulo Guedes, com o objetivo de ampliar os benefícios às famílias de baixa renda. Além disso, também foi convocado o economista Ricardo Paes de Barros, um dos criadores do programa Bolsa Família, durante  o governo do ex-presidente Lula. 

A preocupação com o reforço à política na área social do governo foi ampliada após o “efeito Chile”, o primeiro da onda de protestos que se espalharam na América Latina. Além disso, o governo quer adotar uma nova postura após o lançamento da agenda de combate à pobreza do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e a saída da prisão de Lula. 

 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *