Conheça as bandeiras do Aliança pelo Brasil

O novo partido do presidente Jair Bolsonaro, o Aliança pelo Brasil, anunciou seu programa partidário  durante sua primeira convenção nesta quinta-feira (21). Entre os principais pontos defendidos pela legenda estão as religiões, a oposição ao movimento de esquerda e Deus. 

Durante a abertura da convenção, a advogada Karina Kufa realizou a leitura dos ideias do novo partido, reafirmando o conservadorismo, o comprometimento com a liberdade e a ordem, a soberania e a oposição às “falsas promessas do globalismo”. O programa do Aliança pelo Brasil ainda reconhece o “legado de Deus na vida, na história e na alma do povo brasileiro”, sem esquecer de defender a  posse de armas. 

Em seu discurso, Karina afirmou que o partido “se esforçará para divulgar verdades sobre crimes do movimento revolucionário, como comunismo, globalismo e nazifascismo”. O partido ainda pretende estabelecer relações com siglas e entidades de países que “venceram o comunismo”, como os do Leste Europeu.

Com a frase “ O Aliança pelo Brasil repudia o socialismo e o comunismo” a advogada foi bastante aplaudida pelos presentes que gritavam “A nossa bandeira jamais será vermelha”. Alguns parlamentares do PSL que pretendem aderir à nova sigla estavam sentados mas primeiras fileiras do auditório. Os que chegaram atrasados sentaram-se ao fundo ou nem mesmo conseguiram entrar no auditório, devido a falta de lugares disponíveis dentro do auditório. O acesso da imprensa foi limitado a poucos jornalistas. 

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *