Marinha descarta navio identificado pela Ufal

Em nota oficial, a Marinha descartou a possibilidade levantada pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal), que declarou no último domingo ter identificado um navio cargueiro saído da ásia em direção à África , como responsável pelo derramamento de óleo na costa brasileira. O navio apontado pela Universidade, não está listado entre as cinco embarcações apontadas pela Marinha como suspeitas pelo vazamento do óleo. 

Segundo a nota divulgada pelo órgão, a hipótese levantada pelo Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites (Lapis), sobre o possível vazamento de óleo de um navio a 26 km da costa da Paraíba, em 19 de julho deste ano, “não geraria o espalhamento de manchas que foi observado em nosso litoral, principalmente no sul do Estado da Bahia e norte do Estado do Espírito Santo.”

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *