Multilateralismo e reforma da Onu são alguns pontos da Declaração de Brasília

Em sua declaração final de cúpula dos Brics, os países envolvidos reafirmaram o compromisso com o multilateralismo em suas relações internacionais e a necessidade de realizar uma reforma no Conselho de Segurança da ONU. Porém, o texto não fez qualquer menção às crises da Venezuela e da Bolívia.

A Declaração de Brasília, nome do documento,  divulgado ao final do encontro da cúpula realizada na capital federal, fala da cooperação dos Estados com o objetivo de “manter a paz e a segurança, promover o desenvolvimento sustentável e garantir a promoção e a proteção dos direitos humanos e liberdades fundamentais para todos”.

Os países ainda ressaltaram a necessidade de um comércio internacional livre, aberto e inclusivo, bem como de uma reforma na Organização Mundial do Comércio (OMC).

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *